Coque Vive exibe seu primeiro documentário no 1o ano da BPC

O vídeo A linha, a maré e a terra: memórias do Coque, primeiro documentário realizado por estudantes e monitores do projeto Coque Vive, será exibido nessa segunda-feira, 30 de junho. Na ocasião, também serão lançados os livros Coque Vive: Exercícios do olhar e Coque Vive: Notícias. O evento, parte das comemorações de um ano de atividades da Bilioteca Popular do Coque, ocorrerá na Rua Centenário do Sul, no Coque, a partir das 15h. O vídeo e os livros são resultado da parceria do Coque Vive, projeto de extensão da UFPE, com a Faculdade Latino Americana de Ciências Socias – FLACSO, O Coletivo Latino Americano de Jovens e a Fundação Kellog.

Vídeo – A linha, a maré e a terra é o primeiro documentário realizado por alunos e facilitadores do Projeto de Comunicação Coque Vive, que há dois anos desenvolve um trabalho formativo cujo ponto de partida é o questionamento das representações sociais da comunidade do Coque na grande mídia.

O documentário mostra as memórias de Dona Paulina, Seu Xavier e Dona Francisca (respectivamente, avó, pai e mãe de Monick, Sandokan e Berg, alunos do Projeto Coque Vive), que vivem há mais de 40 anos no Coque. Os três falam de suas vidas e da história da remoção forçada de muitos moradores do Coque por parte dos poderes públicos para construção da Estação de Metrô Joana Bezerra e do Fórum Rodolfo Aureliano, nas décadas de 80 e 90.

Livros – Coque Vive: Exercícios do Olhar é um livro de fotografias e memórias, composto por imagens produzidas pelos alunos do Curso de Comunicação Solidária, oferecido no Coque por alunos da UFPE desde 2006. Os textos e as fotos se complementam com o objetivo de contruir um contra-discurso à dominante estigmatização do Coque como um lugar de pessoas violentas. Para uma construção ainda mais embasada desse contra-discurso, foi feita uma grande clipagem com as notícias publicadas sobre o Coque nos últimos 30 anos. O resultado desa pesquisa encontra-se no livro Coque Vive: Notícias, uma seleção das reportagens consideradas mais significativas para a formação da imagem da comunidade.

Biblioteca – Inaugurada oficialmente em junho de 2007, a Biblioteca Popular do Coque é o primeiro espaço comunitário de fomento à leitura no bairro. O pontapé inicial para a sua construção veio com a aprovação de projeto no programa BNB Cultura, que possibilitou a compra de materiais básicos para a construção do local, como armários e estantes. Praticamente todo o acervo foi adquirido através de doações. Atualmente, acontecem diversas oficinas no espaço, além de um trabalho com crianças. Todas as atividades são pensadas e ministradas por jovens da comunidade e outros voluntários. A Biblioteca é uma parceria entre a ONG Núcleo Educacional Irmãos Menores Francisco de Assis – NEIMFA, a Igreja São Francisco de Assis, alunos de comunicação social da UFPE e o coletivo Movimento Arrebentando Barreiras Invisíveis – MABi.

Coque Vive – O projeto Coque Vive é um conjunto de ações em Comunicação, Educação e Cultura realizadas, desde 2006, no bairro do Coque. O projeto busca estimular a produção/difusão de conteúdos sobre o Coque a partir de seus moradores. Com esse intuito, são oferecidos a jovens do bairro cursos em que se criticamente a comunicação e oficinas de manuseio técnico-expressivo das mídias. Para mais informações, acesse o blog http://www.coquevive.wordpress.com.

SERVIÇO

O quê? Lançamento do vídeo A linha, a maré e a terra: memórias do Coque e dos livros Coque Vive: Exercícios do Olhar e Coque Vive: Notícias

Quando? Segunda, 30 de junho, a partir das 15h

Onde? Rua Centenário do Sul (a rua da Biblioteca Popular do Coque)

Anúncios

2 Responses to Coque Vive exibe seu primeiro documentário no 1o ano da BPC

  1. valdenice disse:

    PARABÉNS PELO BELISSIMO TRABALHO DE INCLUSÃO SOCIAL E RESGATE DA CIDADANIA QUE VOCÊS DESENVOLVEM ATRAVÉS DA BIBLIOTECA. COMO DIZIA O MESTRE PAULO FREIRE:” SUJEITO-HISTORICO-POLITICO-SOCIAL”, É ISSO QUE VC. ESTÃO AJUDANDO A CONSTRUIR NESSE BAIRRO. LECIONO NA ESCOLA NOSSA SENHORA DO CARMO (ESTAUDAL) A (7) ANOS, E DIVULGUEI PARA MEUS PROFESSORES, COLEGAS DE PÓS, COLEGAS DE TRABALHO O PROJETO DE VC. FUI VISITAR A BIBLIOTECA COM MEUS ALUNOS ESPECIAIS (MENTAIS), REPASSEI AS FOTOS PRA VC. ESPERO QUE TENHAM RECEBIDO.

    REFLEXÃO: “SONHO com o dia em todas as pessoas levantar-se-ão e compreenderão que foram feitas para viverem como irmãos”. 9NELSON MANDELA)

  2. moises disse:

    eu so morado desta comunidade e min orgulho
    dela o projeto que a biblioteca esta fasendo
    e lindo parabes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: