Fotografia no centro do debate no Encontro de Mães do Coque

Mulheres que falam (e falam)

Mulheres que falam (e falam)

No quarto encontro de Mães do Coque, na Biblioteca Popular do Coque, a fotografia ocupou um lugar de destaque e movimentou debates sobre a história do bairro, o preconceito da cidade em relação a seus moradores, a preocupação com a educação dos filhos. No encontro, que aconteceu hoje das 15h às 17h30, com direito a lanchinho no final, estiveram presentes as veteranas Dona Arlete e Márcia, e as novatas Dona Maria José, Vânia e Marinalva, além de Lia, Betânia e Fabiana, que conduziram a conversa.

O encontro começou com uma breve recapitulação do que aconteceu até agora e com um esclarecimento sobre o motivo de estarmos juntas, que se resume basicamente na necessidade e no prazer de contarmos histórias – a nossa própria, a da nossa família, a da nossa comunidade. A ação de contar histórias, entre essas mulheres, é desencadeada com incrível facilidade. Basta juntar numa mesma frase as palavras Coque e História para que elas desenterrem as memórias mais remotas. O exemplo mais gritante é Dona Maria José, que participou da turma fundadora do Colégio Joaquim Nabuco, em 1945 (!!!), e lembra o nome de todos os blocos de carnaval que desfilavam na Avenida Central, nos tempos áureos do Coque, “antes da malandragem tomar conta”, segundo diz ela. No entanto, mesmo as mais jovens tinham lembranças bastante vivas sobre o passado da comunidade, que iam desde histórias sobre casas antigas, com lindos azuleijos, destruídas pelo progresso, até rituais de magia negra que acabavam em mortes trágicas.

A novidade desse encontro é a fotografia. A proposta do grupo, por agora, é trazer fotografias antigas, para que todas as participantes possam se apresentar a partir das “imagens do passado”. Aliado a isso, o grupo se empenhará no registro digital dessas fotografias e das descrições e relatos de suas donas – material que poderá ser usado para compor produtos em diversos formatos.

Uma das mães, Vânia, moradora da rua da Biblioteca, aproveitou, deu um pulo em casa e tirou do baú três lindas fotografias de sua infância. As fotos foram comentadas por ela, que lembrou de sua primeira professora e de sua relação com a escola que, segundo conta,  “naquela época era novidade”.

Os encontros com as mães são semanais, sempre às 15h das quintas.

2 respostas para Fotografia no centro do debate no Encontro de Mães do Coque

  1. Pessoal, dá uma olhadinha no texto que eu postei no meu blog. É fruto desse encontro das mães.

  2. Meninas e quem mais ler,
    escrevi umas palavrinhas em meu blog inspirada no que foi narrado no último encontro. Acessem: palavraspontes.blogspot.com
    Fabiana.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: