Poesia ao pé do ouvido

A poesia encheu os ouvidos dos frequentadores da Biblioteca nesta sexta que encerra o mês de setembro. A poetisa Silvana Menezes ofertou a todos um presente valiosíssimo: sua voz deliciosamente sussurrada em forma de poemas. A poesia uniu gerações: desde os mais pequeninos, que sequer sabiam ler; aos jovens, às mães, aos adultos…

A poesia acalentou a mãe, que acalentava o filho…

A poesia encheu os ouvidos e a alma de Fio (Ridivânio), nosso índio Xukuru, que também nos brindou com um poema de sua autoria, que falava da língua e da herança dos povos antigos.

As crianças surpreenderam e emocionaram. Fizemos questão de ir até a casa de Josafá, nosso menino-poeta, para que ele partilhasse deste momento. É uma criança que ama poesias, que aprendeu a ler há menos de um ano e que dribla com a leitura os percalços da vida, o trabalho infantil, as dificuldades. Ele fez questão de ler vários poemas (se deixássemos, não pararia de ler). E arrancou lágrimas de alguns de nós. Acabou ganhando um cordel de presente da Silvana. Depois, outras crianças e adolescentes o acompanharam: Cleiton, Joel. Outros, como Leandro, preferiram ficar lendo em silêncio, fascinados pela poesia.

Agradecemos, em nome das crianças e da comunidade, à poetisa Silvana Menezes e à produção da Bienal do Livro de Pernambuco, que nos brindou com este presente.

4 respostas para Poesia ao pé do ouvido

  1. Que lindo! Quero estar com vocês domingo. Beijos.

    • bpcoque disse:

      Cleyton, como já tinha o recital de Silvana na mesma semana, optamos por adiar o outro. Deixamos para novembro, quando acontece na Biblioteca a Semana do Conto que, este ano, tem o tema “Histórias que vem da África”. Anote: dia 26 de novembro, um sábado, à tarde. Um abraço.

  2. Carlos Maia disse:

    Eu não sei quem organiza este blog, não sei se é Luna Freire (Fabiana), eu não sei. Eu só sei que eu estou a fim de recitar aí!!!
    Por Favor entre em contato comigo pelo fone: 3033-4486.
    Aguardo ansioso.

    Abraços!!!

    • bpcoque disse:

      Sou eu mesma Carlos. E olha: vamos ter um recital em novembro, mais precisamente no dia 26 de novembro, um sábado. Anote aí em sua agenda. Ah! E vamos nos encontrar na Casa da Moeda dia 14, né? Aí conversamos melhor. Um abração.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: