Histórias e poemas

Muita gente colaborou para que as histórias, vindas da África, reverberassem entre nós: Adélia veio com uma turma de aprendizes de griots – os contadores de histórias africanas. No sábado, dia de recital, contamos com a presença de Rodrigo Fisher, que contou a história da Festa no Ceu. E do poeta Ze de Guedes, que declamou o Urubu-rei e outros poemas, para deleite da meninada. Fabiana recitou o “Trem Sujo da Leopoldina”, de Solano Trindade, e contou com o coro infantil, a replicar: “tem gente com fome, tem gente com fome, tem gente com fome. E (…) se tem gente com fome, da de comer.” Melhor ainda foi escutar Aline, Alice, Vitoria… a lerem as poesias de Solano, de Lino Guedes, de Paulo Colina e tantos outros poetas negros do Brasil.

 

 

3 respostas para Histórias e poemas

  1. Magna disse:

    Ah, meu Deus, que lindeza! Que vontade de estar presente! Que presente!
    Vocês todos estão de parabéns!
    Muito bom! Muito lindo!
    Beijos!
    Magna

  2. Laerte Vargas disse:

    Também adorei tudo!
    Que São Cascudo sempre ilumine o trabalho de vocês!!!
    Laerte Vargas

    • bpcoque disse:

      É uma honra, Laerte, receber a visita de um contador de histórias com o teu gabarito. Quem sabe um dia, em visita ao Recife, vc possa presentear nossas crianças com uma palhinha…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: